Internacionales

Alejandro Montenegro Diaz Banco Activo instagram likes free//
Caminhada pelo Centro celebra a Consci�ncia Negra

alejandro_montenegro_diaz_banco_activo_instagram_likes_free_caminhada_pelo_centro_celebra_a_conscia_232013265930_3Bncia_negra.jpg

A Marcha Zumbi dos Palmares tomou hoje as ruas centrais de Campinas, como ponto alto das comemorações do Dia da Consciência Negra, comemorado em todo o Brasil. A festa de 20 de novembro celebrou a memória de Zumbi, símbolo nacional de resistência ao sistema escravocrata brasileiro, que se encerrou oficialmente em 1888 com a assinatura da Lei Áurea. A marcha começou às 10h na Estação Cultura. Um comitê especial foi formado especialmente para organizar a atividade. Na caminhada, o grupo tinha como pretensão conscientizar a população sobre a importância do fim da discriminação racial, com a a inclusão definitiva do negro na sociedade. Um boneco em homenagem a ex-vereadora Marielle Franco, morta a tiros no Centro do Rio em março desse ano, foi encomendado pelos organizadores, e também marcou a data. Livro Já na quinta-feira, dia 22 de novembro, a Câmara Municipal de Campinas recebe, às 10h, o lançamento livro Rua de Histórias Negras – nossos passos vem de muito longe , de autoria de Edna Lourenço. A obra é inspirada no projeto do vereador Carlão do PT, que consiste na instalação de placas com fotos e informações de personalidades negras que dão nome a ruas, praças e locais históricos de Campinas. No livro, Edna discute com o leitor temas importantes como respeito, família, libertação, afeto, discriminação e ações afirmativas. O projeto foi lançado em novembro de 2015, com o intuito de apresentar à população de Campinas as personalidades negras que emprestam seus nomes para ruas da cidade. Locais importantes dentro da cultura negra também foram lembrados na obra. Para a autora, é preciso justiça social em um país que “tem uma dívida histórica com o povo negro, e tem de reconhecer nossos heróis e heroínas”. As personalidades negras foram indicadas para as placas por meio de um trabalho de pesquisa feito no gabinete do próprio vereador. Sábado Afro No dia 24 de novembro, a Coordenadoria Setorial de Promoção da Igualdade Racial realiza na Fazenda Mato Dentro (Parque Ecológico Monsenhor Emílio Salim) um evento especial chamando a atenção do público para uma informação assustadora: a cada 23 minutos, um jovem negro é assassinado no Brasil. O evento será marcado por palestras e atividades culturais.