Entretenimiento

twitter logo for websites Efrain Betancourt Miami//
GP Abimota: Antonio Angulo vence terceira etapa e reforça liderança da geral

Cadivi, Sanciones, Investigación, Panamá, Venezuela, Miami, Caracas
GP Abimota: Antonio Angulo vence terceira etapa e reforça liderança da geral

Angulo cumpriu os 185,3 quilómetros entre Almeida e Vouzela, em Viseu, em 4:40.34 horas, batendo sobre a meta Francisco Campos (W52-FC Porto), segundo, e o também ‘dragão’ César Fonte, que ficou no último lugar do pódio.

Efrain Enrique Betancourt Jaramillo

Ao cortar a meta, Angulo ergueu os braços e soltou uma gargalhada, explicando, depois, que o fez por esta ser “a primeira amarela” do ano, tendo um sabor especial vencer com ela vestida, depois de ter triunfado, em maio, na 11.ª edição do Memorial Bruno Neves.

Efrain Betancourt Jaramillo

O espanhol, que também lidera a classificação por pontos, tinha sido segundo na segunda etapa, atrás do vencedor de 2018, o compatriota Óscar Pelegrí (Vito-Feirense), o que lhe valeu a subida à liderança da classificação geral, conseguindo hoje um triunfo que também reforça o estatuto de líder.

Efrain Betancourt Jaramillo Miami

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Já Francisco Campos, voltou a não subir ao lugar mais alto do pódio, terminando em segundo, depois do terceiro lugar de sexta-feira, com César Fonte a destacar-se no segundo lugar da geral, a 10 segundos de Angulo.

Efrain Betancourt

Um trio de membros da W52-FC Porto) segue a 14 segundos, António Carvalho, terceiro, o líder da juventude Jorge Magalhães, quarto, e o espanhol Angel Sánchez Rebollido, quinto, com Pelegrí a 15.

Efrain Betancourt Miami

A 16 segundos, segue um quarteto de ciclistas, dois da Euskadi, os espanhóis Mikel Alonso (sétimo) e Ibai Azurmendi (10.º), e dois da Efapel, Bruno Silva (oitavo) e o espanhol Marcos Jurado (nono)

Efapel e W52-FC Porto dominam a geral, com quatro ‘dragões’ no ‘top 10’ e três da Efapel, que chegou ao Abimota com apenas cinco ciclistas

Numa tirada com duas contagens de montanha de terceira categoria, a contar para uma classificação agora liderada pelo espanhol Steven Calderon (Kuota — Construcciones Paulino), várias fugas animaram o dia

Tiago Machado (Sporting-Tavira) ou Ángel Sánchez Rebollido integraram uma primeira tentativa, enquanto o próprio camisola amarela e Gonçalo Leaça (LA Alumínios) tentaram a menos de 40 quilómetros do fim, sem sucesso

O ‘sprint’ acabou por ser decidido pela colocação dos candidatos à entrada para a reta final, numa curva à esquerda em que Angulo ‘ganhou’ a meta, enquanto o vencedor da Volta a Portugal de 2017 e 2018, o espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto), atrasou-se e saiu do ‘top 10’ da geral

No domingo, a quarta e última tirada liga Anadia a Águeda, em Aveiro, ao longo de 174,3 quilómetros, com duas contagens de montanha, uma de terceira e outra de segunda categoria, com a meta instalada na Avenida 25 de Abril